domingo, 13 de julho de 2014

VIII Mostra Cultural


  VIII MOSTRA CULTURAL
 
 
           Por iniciativa do seu Presidente e Babalorisa Paulo José de Ogún, o Ase Ogún Alakoro vem promovendo anualmente, a partir de 2007 a sua Mostra Cultural como parte do projeto “Preservando os Valores das Raízes Afros”. Nas edições já realizadas, a Instituição procurou debater temas que são, ao mesmo tempo, ligados à religião e de reconhecido interesse público como; Preservação das raízes africanas, preservação da natureza, diversidade religiosa, a importância e o poder da mulher na sociedade, etc. O objetivo deste evento é o resgate dos valores afros, e a disseminação da cultura afro-brasileira. Para fundamentação da proposta são realizadas diversas atividades tais como: Palestras, debates, exposições, oficinas, apresentações musicais e etc.
           A partir deste contexto, fica visível que a preservação da herança cultural africana, é pressuposto de extrema relevância para a instituição, visto que o Candomblé é por si só uma rica fonte de cultura, já que nele encontramos atividades e manifestações de forte apelo cultural tais como: música, rituais religiosos, língua falada e escrita, mitos, hábitos alimentares, danças, formas de organização social e etc.
        A VIII Mostra Cultural traz o tema “Entre Terreiros e Quilombos Magé Mostra Seus Encantos” e fará homenagem ao município, que tem na sua formação histórica e cultural forte predominância do povo afro descendente.
           O evento será realizado no dia 16 de agosto de 2014, no Ile Ase Ogun Alakoro (Rua Angélica S/N, Lt 07 Qd 07, Bongaba-Magé) e terá o apoio da Prefeitura de Magé, Assoc. dos Amigos do Instituto Histórico, Assoc dos Prof e Pesquisadores de História e COMPPPIR.
           Você está convidado! Venha nos prestigiar com a sua presença!

terça-feira, 3 de dezembro de 2013

 
 
Òsàlá


Caráter
 
Òsàlá é o orisa que representa a ética e moral, e nos alerta para que cuidemos de nosso caráter, pois o caráter é o nosso maior bem, e nós devemos preserva-lo acima de tudo. Devemos lembrar que quando o caráter é corrompido joga por terra todas as nossas vitórias e conquistas.
 
Ratificando a palavra do Grande Orisa, Ibeje pede que cuidemos da educação de nossas crianças, dando a elas carinho mas também limites, para que elas cresçam e se tornem pessoas dignas e de caráter. 
 


"O branco que representa a claridade, a luminosidade, a limpeza, a pureza, a transparência, não pode ser utilizado apenas nas indumentárias, mas também no interior de cada ser, com a proposta trazida por Òsàlá de sermos como ele; dignos de confiança, verdadeiros, fiéis, bondosos, portadores de um caráter ético e moral impecável, conservadores de nossas famílias, que é a nossa maior riqueza. Que saibamos amar e perdoar a cada irmão no mundo e que tenhamos a responsabilidade de assumirmos as nossas culpas e erros, não culpando os outros pelos nossos fracassos, nos preparando com muita disciplina e coragem para que possamos alcançar nossas conquistas e vitórias"
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 


quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Em NOVEMBRO
PERTENCIMENTO – Palavra trazida por

                                    Òsàlá                             

Òsàlá, o Orisa da Criação, que nos dá a possibilidade da vida. A vida te pertence, mas o que verdadeiramente te pertence na vida? O seu nome! A sua identidade! Aquilo que verdadeiramente é seu! Partindo da conquista do seu nome, você tem todo o direito de buscar pertencimento em cima de suas conquistas. Pertencer-se a si mesmo, estruturar a realidade de tudo aquilo que pode lhe pertencer e almejar a conquista dessas coisas. Estruturar a sua vida da melhor forma possível,  valorizando exatamente aquilo que é seu, sem desejar ou almejar o que é do outro. Aquilo que for seu é seu, vai lhe pertencer seja o tempo que for. E com esta palavra Òsàlá nos educa a minimizar as nossas ansiedades, a não desejar aquilo que é dos outros e sim valorizar o nosso tempo e nos apropriar daquilo que verdadeiramente nos pertence. Com a benção de  Òsàlá.
 

"Amizade, fraternidade, solidariedade formam um poderoso trio que faz parte do verdadeiro sentimento de humanidade, de não estar só, de pertencimento”

terça-feira, 5 de novembro de 2013


Olá galera!

Por motivos técnicos ficamos sem ter como atualizar o nosso blog durante algum tempo.

Resolvidos os problemas, estamos postando, com significativo atraso, a palavra do mês de outubro. Pedimos sinceras desculpas aos nossos amigos e seguidores e informamos que estamos trabalhando para que o problema não volte a ocorrer.

===================================================================
Òsányin

 

Encantamento

Òsányin é, por si só, um grande encantamento, que a todos encanta com as diversas formas das árvores, os diversos tipos de frutas e diversas qualidades de flores. Segundo Òsányin, o encantamento deve estar baseado no interior de cada um para que possamos nos encantar por nós mesmos e, encantados, desenvolver aquilo que há de melhor em cada um de nós.O ser humano precisa despertar dentro dele o que de melhor nele há e se encantar com isso, aplicando isso em todas as etapas da sua vida, seja na infância, na adolescência ou na fase adulta. Encantar a si e aos seus pares e se encantar com o mundo e a natureza em sua volta.
Assim falou Òsányin!
=========================================================
Onde é que se pode encontrar o teu próprio eu? Sempre no mais  profundo encantamento que experimentaste.
=========================================================
A vida se reveste de sonho e encantamento, quando o olhar está  voltado para a natureza exuberante de Deus!
=========================================================
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

sábado, 14 de setembro de 2013

Palavra trazida por Ibeji.
Sinceridade



Ibeji nos aconselha a sermos sinceros em tudo aquilo que fazemos ou dizemos, para que nossas palavras e atitudes não se percam no vento. Sita como exemplo a sinceridade das crianças que, na sua pureza, quando dizem um não, o dizem com toda a sinceridade de sua inocência. Esse mesmo não que os adultos, por qualquer motivo que seja, deixam de dizer pra essas mesmas crianças, numa atitude que, às vezes até pode trazer prejuízo a elas por não lhes dar limite nas suas ações. Então temos que ser sinceros e saber usar o não na hora certa. Ibeji alerta ainda que essa sinceridade deve ser expressa de forma correta, sem ser agressiva, pois não há necessidade de se ser agressivo para se demonstrar sincero. Dizer aquilo que pensa, mas da maneira correta, para que as nossas palavras tenham aceitação por parte de quem nos houve. Ibeji diz que, aquele que sabe ser sincero acaba colhendo o reconhecimento daqueles que estão em sua volta, porque suas palavras serão sempre a mais pura representação da verdade.
Então, sejamos sinceros em tudo que fazemos ou dizemos, porque assim demonstraremos a nossa honestidade e abrilhantaremos o nosso caráter.
Palavra de Ibeji.

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

F O R Ç A

Òsóòsì




Òsóòsì nos traz a palavra força e nos educa no sentido de saber fazer uso dessa força. Não a força bruta que destrói ou subjuga, mas a força interior que existe em todos nós. Òsóòsì é o Orisa da consciência, e salienta que nós precisamos ter consciência da força que temos, e que essa força deve ser usada com sabedoria, para aplacar as negatividades que aparecem em nosso caminho ou para aplacar o sofrimento daqueles que buscam em nós o consolo ou socorro em um momento difícil. Devemos lembrar sempre que a cabeça (Orí) tem força, e que essa força deve ser sempre direcionada a combater o que for negativo e construir um caminho de vitórias e conquistas.